Entre os dias 4 e 7 de Junho, em Munique, terá lugar a Transport Logistic, a maior feira bi-anual de logística da Europa! Será um local dedicado ao networking, onde estarão em exibição grandes empresas com produtos e serviços nacionais e internacionais, uma oportunidade única para estabelecer parcerias e encontrar aquilo que procura para o seu negócio.

São 115.000 metros quadrados de stands distribuídos por 10 pavilhões, onde estarão presentes 2.200 expositores. Este ano são esperadas 60.000 pessoas, de 120 países, que procuram neste local de exposição internacional de logística os serviços que mais se adequam às suas necessidades.

Entre estes serviços e produtos disponíveis na região germânica estão o transporte e a logística (aéreo, rodoviário, ferroviário e marítimo), as tecnologias de informação e telemática, ou mesmo veículos de transporte de mercadorias e pessoas, estando os expositores divididos entre seis secções: Transporte europeu de carga aérea; IT, telemática, e-business e telecomunicações; serviços, transporte de mercadorias e logística; equipamento para transporte combinado; intralogística; corredores de exposição ao ar livre.

Na edição anterior, quase metade (44%) dos participantes não era alemão, tendo havido um aumento na participação estrangeira na feira, e praticamente todos os participantes responderam que pretendiam voltar a participar na edição seguinte.

De Portugal, além da Abreu Carga, Associação dos Portos de Portugal e Torrestir, há a  registar a participação com um stand colectivo de 100 m2, promovido pela Supply Chain Magazine. São já oito as empresas que vão estar no espaço “LOGISTICS PORTUGAL“: Lusocargo, Garland, Transnautica e Rangel enquanto parceiros gold, e Multicargo, JTM Group, Maeil e Steamship, como parceiros silver.

Tânia Barros, representante para Portugal da Feira de Munique, comenta que “o stand colectivo português, situado no centro do pavilhão A4 tem grande visibilidade e cria sinergias importantes na apresentação da cadeia logística de Portugal aos visitantes internacionais”.

Este modelo de participação já tem sido uma aposta por parte de algumas empresas portuguesas em edições anteriores e, em 2017, foram mais de 40 os expositores colectivos que marcaram presença em Munique, divididos entre países e/ou regiões.

Share This

Partilhar este artigo