O Porto de Leixões irá integrar o programa de inovação Bluetech Accelerator, em parceria com a Beta-i durante 9 meses. No âmbito desta inovação do sector portuário, será criado um produto-piloto na área da digitalização que tem como objectivo modernizar e optimizar a eficiência desta infra-estrutura.

Este programa visa avaliar as necessidades de inovação do porto e propor mecanismos e ferramentas para melhorar a performance da actividade portuária, com base em tendências como Big Data, Blockchain, Inteligência Artificial, entre outras.

“O uso do Bluetech Accelerator como ferramenta para acelerar a utilização das novas tecnologias em prol da competitividade portuária parece-nos uma aposta acertada, inovadora e com enorme potencial para gerar valor tanto para os portos nacionais, como também para a economia portuguesa”, segundo a Administração do Porto de Leixões.

A ferramenta está incluída na Estratégia para o Aumento da Competitividade da Rede de Portos Comerciais do Continente, levada a cabo pelo Governo actual que visa a concepção de plataformas de aceleração tecnológica para a criação de valor na economia do mar.

Share This

Partilhar este artigo