O grupo francês STEF terminou o ano a registar um crescimento no volume de negócios para os 3.255 milhões de euros, um aumento de 9,4% face ao período homólogo, um valor atingido graças à grande movimentação ocorrida no último trimestre do ano que passou os dois dígitos e totalizou 866 milhões de euros. Sem contar com os registos feitos pela actividade de terceiros no quarto semestre do ano, o volume da empresa fora de 11,8%.

Relativamente à rede de transporte terrestre francesa, houve um progresso na sua actividade, sendo que em período constante o incremento foi de 8,6%, repartido de forma igualitária entre o aumento do preço dos combustíveis e dos volumes transportados. Relativamente ao marítimo, este apresentou um aumento ligeiro de 3,3%.

A logística de França aumentou em 9,2% devido ao dinamismo das operações de restauração e desenvolvimento de actividade nas novas plataformas logísticas inauguradas no ano passado.

Na Península Ibérica registou-se um aumento de 8,1%, também graças ao crescimento comercial sustentado e ao forte incremento comercial no consumo alimentar em Portugal. Também importantes para o crescimento do negócio estão os investimentos feitos no ano 2018 pela empresa, ao adquirir a sociedade Express Marée e a italiana Marconi, sendo que esta última teve um aumento de 24% (9,1% a período constante).

Share This

Partilhar este artigo