A empresa coimbrense Paul Stricker cria e desenvolve diversos brindes promocionais que circulam em quase todas as grandes empresas portuguesas e europeias, bem como noutras centenas de milhares de PME de vários países. “Quase tudo o que se possa imaginar onde seja possível imprimir o logotipo de uma empresa” integra o catálogo, conta o CEO do negócio, Paulo Stricker.

O responsável conta que o sucesso deste negócio “deve-se sobretudo a uma estratégia de internacionalização consistente e agressiva, na qual [conseguem] ser muito competitivos em quase todos os factores críticos de sucesso”, como o equilíbrio preço-qualidade na “colecção forte”, serviço de impressão e de transporte competitivos, disponibilidade de stock e uma equipa de vendas “forte e disseminada por toda a Europa”.

A portuguesa foi criada em 1944 e conta com uma equipa de 800 pessoas espalhada por vários continentes, indo abastecer mais de 120 milhões de produtos promocionais a 80 países e trabalhando com mais de 200 fábricas fornecedoras pelo mundo. Em stock, mantém grandes quantidades de produtos que vai distribuindo pela Europa, Médio Oriente, Brasil, Cáucaso e Norte de África.

Share This

Partilhar este artigo