A Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública (eSPap) integrou recentemente o comité consultivo de âmbito europeu para a profissionalização do comprador público, criado pela Comissão Europeia para definir uma abordagem estratégica global para uma política de contratação pública.

Este comité incorpora representantes de sete Estados-Membros, bem como a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e empresas privadas da área. Portugal encontra-se representado por César Pestana, presidente do Conselho Directivo da eSPap, João Barroso, director de Serviços Partilhados de Compras Públicas, e Ana Vieira, Coordenadora do Planeamento e Gestão do Sistema Nacional de Compras Públicas.

A primeira reunião ocorreu em Bruxelas, no dia 16 de Novembro, e foram debatidos e partilhados temas como a avaliação do ponto de situação e necessidades existentes em cada país, sendo ainda definida “uma estratégia para a profissionalização da contratação pública, a melhoria da formação e a gestão da carreira dos compradores públicos e a disponibilização de ferramentas e metodologias de suporte ao desenvolvimento do trabalho destes profissionais”, segundo conta a eSPap em comunicado.

A duração destes trabalhos será de um ano, e o comité espera que deste projecto resulte um conjunto de guidelines e boas práticas a seguir pelos Estados-Membros, em matérias como a formação, desenvolvimento de competências específicas dos compradores públicos europeus.

Share This

Partilhar este artigo