A Dachser anunciou que procura substituir os cerca de 6.000 equipamentos de movimentação de carga nos seus armazéns europeus por equipamentos movidos a iões de lítio até 2022, apostando numa vertente mais ecológica, sustentável, duradoura e de carga mais rápida. Esta tecnologia já fora inserida com sucesso nas suas filiais de Radeburg e Erlensee, na Alemanha, e também já se encontra substituído em Alicante e Valência, estando até agora um total de 5% concluído.

Ao mesmo tempo que tem uma vertente ecológica, a fonte refere que este investimento também permitirá eliminar a necessidade de salas especiais de carregamento de baterias. “Este projecto de modernização é um excelente exemplo de como o lucro e a sustentabilidade podem andar de mãos dadas, produzindo benefícios para os clientes”, conta Michael Schilling, COO de Road Logistics da Dachser.

A Thriatlon será a fornecedora de tecnologia de baterias, infra-estruturas de recarga e software de gestão de energia, e André Bilz, team leader de Gestão de Equipamentos da Dachser, conta que esta, “juntamente com os parceiros, procura impulsionar o desenvolvimento da tecnologia de sistemas logísticos e de armazenagem”, e que no futuro procura aumentar a usabilidade dos veículos, procurando que sejam menores, mais leves e mais facilmente manuseáveis.

A Dachser também explica que de modo a que não operem em simultâneo com ambas as tecnologias, a alteração de todas as suas filiais terrestres será feita passo-a-passo. Em curso estão também os projectos de construção e expansão das instalações em Friburgo e Munique, que irão complementar este plano de expansão eléctrica.

Share This

Partilhar este artigo