Em Espanha, a Grup Montaner promoveu a criação do primeiro Cluster de Talentos no sector logístico, tendo como objectivo estabelecer novos desafios na gestão de pessoas em logística e transporte. Esta nova iniciativa reuniu também outros sete operadores especializados do sector logístico, entre os quais a Luís Simões, além de Districenter, Fundação Cares, Naeko Logistics, Railsider, Sertrans e Transcoma.

A transformação digital tem vindo a criar a necessidade de renovar competências, pelo que esta nova aposta se torna importante para a captação de novos talentos, uma aposta cada vez mais comum entre as empresas de modo a potenciar e tirar o melhor partido possível deste “boom” tecnológico.

Um dos principais objectivos, estabelecidos na primeira reunião do grupo de talentos, é a criação de um lobby logístico para promoção das boas práticas e que estabeleça um código de atracção de talento, tanto em formação profissional como nas universidades. Este surge após especialistas apontarem diversos desafios que terão de ser combatidos a curto e médio prazo para adaptar a logística às novas necessidades do mercado.

As oito empresas, juntas, têm um volume de facturação superior a 500 milhões de euros, empregando 2.859 pessoas, das quais 1.900 são trabalhadores directos.

Share This

Partilhar este artigo