A transportadora portuguesa Luís Simões iniciou a primeira fase de um novo e avançado centro logístico em Guadalajara, Espanha, em parceria com a Montepino Logística, num investimento de 85 milhões de euros. Nesta primeira fase irá ser construído o armazém B, um dos três a serem construídos, e que terá como área total 29.083m2, uma capacidade para 43.000 paletes, 13,70 metros de altura e 34 cais. Conta ainda com 2.200m2 de área dedicada a copacking, uma actividade relevante para o desenvolvimento de serviços de logística promocional e de e-commerce, dois dos segmentos fundamentais para a Luís Simões.

De modo a proporcionar ao operador uma maior versatilidade e adaptabilidade aos diversos sectores dos seus clientes, o operador logístico  também incluirá neste armazém uma câmara frigorífica.

“Este investimento, em que a inovação vai desempenhar um papel fundamental, é uma grande oportunidade para a Luís Simões continuar a posicionar-se como um operador líder na Península Ibérica e permitirá expandir as suas operações em Espanha”, conta António Fernandes, responsável do projecto, mostrando-se confiante relativamente à nova aposta da empresa.

A empresa procura assim reafirmar a sua liderança ibérica ao instalar este novo complexo no Polígono Puerta de Guadalajara, sendo que já se encontra presente em Cabanillas del Campo, também na província desta região, num centro de operações logísticas de 66.380m2, com capacidade para 95.000 paletes.

Share This

Partilhar este artigo