O e-commerce chegou há já algum tempo, está para ficar e não pára de crescer. Tem um papel cada vez mais ativo nas organizações, aproximando-se rapidamente de valores superiores a 3 mil milhões de euros em compras anuais a nível nacional, o que influencia diretamente o aumento de profissionais nas áreas de Logística e Supply Chain.

O impacto do e-commerce nos hábitos modernos de consumo no nosso país é cada vez maior:as pessoas realizam compras online com maior frequência o que força as organizações (independentemente do sector em que atuem) a considerar o seu posicionamento neste mercado. Tudo isto influencia diretamente toda a cadeia de Logística e Supply Chain de uma organização, que é um dos departamentos fulcrais para o desenvolvimento sustentável deste mercado, tanto em termos operacionais como em termos financeiros.

Verificamos um número crescente de organizações que solicitam profissionais da Logística e Supply Chain com experiência em e-commerce, para fazer face ao forte crescimento do mesmo no mercado, desta forma, os profissionais que já tenham trabalhado neste sector, ou que se sintam confortáveis com toda a cadeia de logística e Supply Chain que daí advém, estão muito bem preparados para esta nova tendência de mercado.

As organizações que não se adaptarem rapidamente a esta dinâmica e não se mantiverem ativas neste mercado, correrão o risco de ficar desatualizadas e ultrapassadas pelo restante mercado.

O e-commerce veio para ficar e os profissionais que o saibam “navegar” estarão prontos para os novos desafios do mercado de trabalho! Apostem no e-commerce e em toda a sua dinâmica, pois o mesmo será um dos pilares, a curto-médio prazo, da maioria das organizações, tendo um forte impacto nos departamentos de Logística e Supply Chain.

Filipe Forte | Michael Page | Senior Consultant – Logistics&SupplyChain

Share This

Partilhar este artigo