Vivemos na Era do Conhecimento e da Informação. A diferença entre o Êxito e o Fracasso são pormenores quase imperceptíveis, e por isso muitas vezes invisíveis até para o Gestor mais experiente. Importa por isso que o Gestor se municie das ferramentas mais adequadas com o propósito de obter a informação necessária de suporte à Gestão, para que a sua Empresa possa enfrentar com sucesso, um mercado cada vez mais exigente e agressivo, assente em pormenores.

Ao Gestor é-lhe imposto a condição obrigatória de conhecer com detalhe e rigor, todos os pormenores que retratam a realidade do seu negócio, principalmente no que respeita aos seus custos, pois o preço de venda deve resultar após a determinação do preço do custo acrescido da margem que se julgue correcta.

Tenho contactado inúmeras empresas cujos Gestores desconhecem o seu real estado, desconhecem o nível de qualidade de serviço real prestado aos seus clientes, desconhece o contributo de cada cliente para o resultado final, que por vezes, muitas vezes, é negativo, desconhecem que acções devem ser tomadas para fidelizar os seus clientes mais rentáveis, e claro, desconhecem quem é menos rentável ou pura e simplesmente prejudicial à sua Organização. Conhecem até quanto facturam a cada cliente, mas desconhecem com exactidão quanto ganham ou perdem em cada um deles.

«O desafio que impende sobre o Gestor é identificar de forma detalhada os seus “custos pormenor”, para que possa apresentar ao seu cliente uma solução sustentável, de forma que os resultados sejam sólidos, credíveis, e acima de tudo, sem comprometer o futuro.»

Na prestação de serviços, como a Logística e/ou Transporte, em que o custo real do serviço prestado é ainda mais difícil de calcular dada a imensidão de variáveis que lhe estão subjacentes, o Gestor necessita de dados detalhados rigorosos, que lhe permita realizar um diagnóstico correcto da sua Organização. Diagnósticos assentes em premissas erradas, mal elaborados, ou em muitos casos até inexistentes, contribuem para  conclusões erradas e por conseguinte uma precipitada decisão junto do cliente, com consequências muito negativas que normalmente comprometem a sua sobrevivência.

Perdemos quando achamos que ganhamos. Uma Empresa que não sabe onde está, dificilmente pode melhorar. Quem não consegue quantificar e controlar os seus custos, não pode encontrar o caminho do sucesso. O know-how e as ferramentas informáticas que mais facilmente permitem obter informação técnica que auxilie a tomada de decisão, estão normalmente acessíveis às Grandes Empresas, já que as PME por razões de vária ordem têm maior dificuldade em aceder a este tipo de informação, e por conseguinte a tomada de decisão aportará sempre um maior risco, devido ao desconhecimento da sua própria realidade.

Com mais de 1.000.000 de Micro, Pequenas e Médias Empresas em Portugal, o desafio que impende sobre o Gestor é identificar de forma detalhada os seus “custos pormenor”, para que possa apresentar ao seu cliente uma solução sustentável, de forma que os resultados sejam sólidos, credíveis, e acima de tudo, sem comprometer o futuro.

Pedro Almeida | Sócio-gerente | SERVILOGIS® – CONSULTORES 

Share This

Partilhar este artigo