Felizmente, as funções de Logística e Supply Chain não estão em crise, bem pelo contrário, a tendência é
que a procura destes profissionais continue a crescer e que os vencimentos acompanhem este
crescimento.

O vencimento de cada função é assente em diversas variáveis, pelo que não existe uma matriz 100%
coerente que possa garantir que um profissional tenha um vencimento alinhado com a mesma.
Alguns exemplos são: Dimensão da Organização, senioridade da função, abrangência de funções que
irá ocupar, dimensão da equipa, nível de reporte, faturação da organização, entre outras, que têm
um forte impacto no Rendimento Bruto Total (Vencimento + Fringe benefits) destes profissionais.
Nos últimos anos temos assistido a um aumento salarial significativo em todas as funções de
Logística e Supply Chain. O vencimento médio de um perfil júnior, face a 2017, teve um crescimento
de 12%, de um perfil sénior de 11% e de um perfil de Direção de 8%, o que reflete o dinamismo do
mercado e o forte crescimento e aposta nestas funções.

Poderemos afirmar que esta é uma área em que os profissionais poderão ter um aumento superior a
10x o seu vencimento, comparativamente ao vencimento inicial, o que representa bem as
possibilidades de crescimento que os profissionais podem vir a ter nestas funções. Aos dias de hoje
um perfil júnior encontra-se a receber entre os 12.000€ a 18.000€ de Vencimento Bruto Anual,
podendo vir a auferir em cargos de “C Level” (contando com os fringe benefits como viatura, seguro
de saúde, seguro de vida, fundo de pensões, entre outros) valores próximos dos 120.000€ brutos
anuais.

Cada vez mais existem cargos de “C Level” (Chief Procurement Officer, Chief Logistics & Operations
Officer, entre outros) nestas funções, com reporte direto à Direção Geral ou a nível internacional,
motivados pela forte aposta das organizações na rentabilidade das operações, qualidade de serviço e
na diminuição de custo, tanto na logística como no procurement.

Seguem abaixo os vencimentos médios das funções de Logística e Supply Chain para cargos de
“middle e top management” (incluindo os fringe benefits acima referidos):

  • Funções Juniores: 12.000€ a 18.000€
  • Funções Middle: 22.000€ a 32.000€
  • Funções Séniores: 30.000€ a 40.000€
  • Funções de Chefia: 32.000€ a 45.000€
  • Funções de Direção: 40.000€ a 70.000€
  • Funções de “Executive” ou “C-Level”: 70.000€ a 120.000€

Volto a referir que estes valores não são estanques, são apenas uma média comparativa, o que quer
dizer que empresas mais pequenas, com menor faturação, ou com pouca expressão nestas funções,
possam praticar valores mais reduzidos e desalinhados com esta tabela. Aplica-se o contrário para
empresas de maior dimensão.

Aposte na sua formação, no seu crescimento interno, ou, não sendo possível no seu crescimento
externo, aposte na diversidade de funções dentro deste setor e na sua contínua aprendizagem.

Basicamente, caso goste, aposte em funções de Logística e Supply Chain! As organizações estão cada
vez mais focadas nas mesmas, o que irá refletir o seu crescimento nestas áreas.

Filipe Forte, Consultor Sénior – Logistics&SupplyChain | Michael Page

Share This

Partilhar este artigo